Página Inicial História Decoração Reitor Missas Confissões Oração do Terço Adoração Confraria dos Passos Fotos Altar-Mor e Padroeiro Planta dos Altares Capelas e Altares Fachada da Igreja Horários de Abertura Contactos 

Decoração

Igreja do Colégio

IHS

O interior é dominado por uma ampla nave, com oito capelas laterais intercomunicantes e encimadas por tectos de abóbada de berço ornamentados com apainelados em caixotão. Ao fundo destaca-se o falso transepto e larga capela-mor, com precioso altar de talha dourada datado de 1660, destacando-se o amplo sacrário e as peças de escultura. As paredes da nave dispõem três tramos de pinturas a fresco, de grande valor artístico, que ilustram composições dos meados do séc. XVII, identificando-se os evangelistas, cenas da vida dos Jesuítas, figuras e elementos arquitectónicos e vegetalistas. A cobertura da nave, de perfil abobadado, é pintada com motivos vegetalistas e de perspectiva arquitectónica, que se desenvolvem até as sancas, simulando um espaço infinito e ilusório. No eixo central do tecto enquadra-se duas cúpulas com alegorias e composições em quadratura e, no centro, uma cartela com o emblema dos jesuítas e da eucaristia. Como é comum em todas as igrejas jesuítas, na entrada deste templo situa-se o coro alto, construído nos inícios do séc. XVIII com balaustrada idêntica às existentes nas capelas. Sob coro, o tecto apresenta-se pintado com perspectivas arquitectónicas convergindo para o centro e enquadrando anjos com grinaldas, tendo o céu como tema de fundo. Nas paredes observam-se duas pias de água benta, em mármore, do séc. XVIII, circunscritas com silhar de azulejos de decoração barroca e pintura a fresco ilustrando estátuas (com bases datadas de 1726), anjos e grinaldas emoldurando o escudo dos Jesuítas.

O pára-vento, obra de rica marcenaria embutida, data de 1725. A sacristia é coberta por uma abóbada de cruzaria, de arcos abatidos, pintada com grutescos e adornada com armários de mármore embutido, de gosto italiano, composições de azulejos barrocos figurativos e precioso arcaz de talha dourada que enquadra telas do séc. XVII e dos inícios do séc. XVIII, alusivas aos principais Santos da Companhia. As pinturas dos arcos e do tecto da nave, os frescos alusivos à vida dos Jesuítas, sobressaindo paisagens e motivos vegetalistas de esmera execução, os revestimentos de azulejos dos séculos XVII e XVIII e os preciosos retábulos de talha dourada de tipologia maneiristas e de influência barroca que decoram as capelas conferem ao interior um ambiente cromático de intensa exuberância, tudo preenchido ao mais ínfimo pormenor, não deixando assim lugar para espaços vazios. A sacristia também acompanha a riqueza artística da igreja, constituindo uma das mais notáveis da Ilha.

Ligação ao Site da Diocese do Funchal

DECORAÇÃO









To see all content, you will need the current version of Adobe Flash Player to view it.
Create own website for free